associacao
Associação de Jardins-Escolas João de Deus

Fundada pelo mecenas Casimiro Freire, em 1882, sob o nome Associação de Escolas Móveis pelo Método João de Deus, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social - IPSS, dedicada à Educação e à Cultura.

A Associação de Jardins-Escolas João de Deus tem 9847 utentes nos 55 Centros Educativos distribuídos pelo país, cuja actividade se reparte por: 38 Jardins-Escolas, 8 Centros Infantis, 2 Ludotecas Itinerantes, 2 Museus, a Escola Superior de Educação João de Deus, os Projectos "O Outro Lado do Bairro" e GIP (Gabinete de Inserção Profissional) e o Centro de Acolhimento Temporário de Crianças e Jovens em Risco de Odivelas «Casa Rainha Santa Isabel».

Tem ao seu serviço 1306 funcionários, entre educadores, professores, auxiliares de educação e outros colaboradores. (dados de 2018).


Escritura de Constituição de Escolas Móveis pelo Método Educativo João de Deus, Maio de 1882

"(...) reuniram-se algumas dezenas de cidadãos e fundaram a Associação de Escolas Móveis, com o fim de ensinar a ler, escrever e contar pelo método de admirável rapidez, do Senhor Dr. João de Deus, os indivíduos que o solicitarem, até onde permitam os seus meios económicos, enviando nesse intuito às diversas povoações da nação portuguesa professores devidamente habilitados – não se envolvendo em assuntos políticos, nem quaisquer outros alheios ao seu fim".


Centenário do Museu João de Deus

A Associação de Jardins-Escola João de Deus foi distinguida pelo excelentíssimo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa com a Ordem Honorífica de Instrução Pública.

No âmbito da comemoração dos 100 anos do Museu João de Deus, Marcelo Rebelo de Sousa destacou o papel essencial que a Instituição teve no setor da educação desde o século XIX e o importante papel do método da Cartilha Maternal no combate à iliteracia em Portugal.